1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine

Jornada Mundial da Juventude 2013

Dom Orani visita igrejas e centros sociais no Rio

LUCIANA NUNES LEAL - Agência Estado

13 Janeiro 2014 | 15h 33

No dia seguinte à nomeação como cardeal, anunciada pelo papa Francisco, o arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta, faz visitas a igrejas e centros sociais da zona oeste e à Escola Municipal Tasso da Silveira, onde, em abril de 2011, doze crianças foram mortas a tiros por um ex-aluno. "Vamos fazer uma oração pelas vítimas daquele momento trágico", disse Dom Orani, na paróquia Nossa Senhora da Conceição, primeira parada dos pontos percorridos na chamada Trezena de São Sebastião, em que a imagem do santo padroeiro do Rio percorre a cidade entre os dias 7 e 20 de janeiro.

Dom Orani contou não ter conversado ainda com o papa Francisco e comentou que, no domingo, 12, à noite, sozinho, refletiu sobre a responsabilidade do novo cargo. Disse que tem tido notícias de maior participação de fiéis nas igrejas do Rio e acredita que isso seja consequência do discurso acolhedor do papa e da Jornada Mundial da Juventude, que aconteceu na cidade em julho passado. "Todos os países onde houve Jornada veem um aumento não só pela região, mas pela prática do bem", afirmou o novo cardeal.

Dom Orani, questionado sobre possíveis mudanças na participação de famílias não tradicionais na igreja, disse que esta já é uma prática católica, mas que o papa chamou atenção para a importância de acolher os fiéis. "O papa Francisco tem dado visibilidade ao que a igreja é, mas não aparecia tanto".

Lembrado sobre os batismos de crianças filhas de um casal não casado não Igreja Católica e de uma mãe solteira, feitos no domingo pelo papa, Dom Orani comentou: "Ele reafirmou o que é a prática da Igreja, a criança não tem culpa. O batismo é sempre feito, salvo o caso de um outro (padre) mal informado".

Jornada Mundial da Juventude 2013