É só o começo!

Revolução do celular está apenas começando. Para especialista do MIT, telefonia móvel repetirá a evolução da internet

30 Agosto 2008 | 00h00

Quem acha que os celulares já fazem bastante coisa se prepare. "A mobilidade está numa fase parecida com que estava a internet em 1996", disse ontem o professor Federico Casalegno, diretor do Laboratório de Experiência Móvel de Massachussets Institute of Technology (MIT), durante seminário da AgênciaClick. Enquanto isso, fabricantes de celulares e operadoras buscam formas de simplificar a transmissão de imagens. Como um toque, fotos do telefone direto para o seu computador. Ficou curioso? Leia a reportagem completa no caderno Economia&Negócios deste sábado. Um dos motores dessa revolução é a terceira geração de telefonia móvel, conhecida como 3G, que permite até videoconferências pelo celular. Recém chegada ao Brasil, ela já começa a ganhar adeptos. Porém, nem todos se adaptam a navegar na rede via telefone móvel e ainda faltam sites desenhados especialmente para a telinha. De qualquer forma, o 3G parece que veio para ficar e o sucesso do iPhone 3G da Apple é apenas um dos sinais. Lançado há menos de dois meses, ele já vendeu em todo o mundo cerca de 6 milhões de unidades. A traquitana deve aterrissar no Brasil até o final do ano. Leia mais aqui. Leia mais no Link: Google acaba com o mistério do Android

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.