Em Itajaí (SC), 100 mil m³ de lixo acumulam nas ruas

Lixo encheria 10 mil caminhões; na falta de onde levar os dejetos, moradores ateiam fogo

AE, Agência Estado

01 Dezembro 2008 | 08h03

O lixo vem se acumulando nas ruas de Itajaí (SC) e não há meios suficientes para recolhê-lo. Por causa da enchente, uma das células do aterro sanitário, que recolhe o lixo orgânico, teve seu acesso dificultado. E a outra está com a capacidade esgotada.   Veja também: Saiba como ajudar as vítimas da chuva IML divulga lista de vítimas identificadas Repórteres relatam deslizamento em Ilhota  Mulher fala da perda de parentes em SC Tragédia em Santa Catarina  Blog: envie seu relato sobre as chuvas  Blog Ilha do sem Blumenau  Blog Desabrigados Itajaí  Blog Arca de Noé  Veja galeria de fotos dos estragos em SC   Tudo sobre as vítimas das chuvas     A estimativa é de que no município a enchente tenha gerado 100 mil metros cúbicos de entulho, o que encheria 10 mil caminhões. Por falta de funcionários, porque muitos foram vítimas das chuvas, até este domingo 30, só estavam operando três de 20 caminhões da prefeitura e da concessionária de limpeza.   Faltam locais para destinar a sujeira e, sem alternativa, moradores começam a queimar o que perderam. Existem três terrenos para receber o entulho, dois que recebem o material das ruas e um que foi adaptado para servir de destinação final dos escombros. A prefeitura de Itajaí vai autorizar que a usina de asfaltos, as olarias e fábricas de cerâmicas, que precisam de madeira para aquecer os fornos, recolham o entulho desse último local.

Mais conteúdo sobre:
chuvas Santa Catarina Itajaí

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.