Em Las Vegas, aposte na bebida

Mais de 120 rótulos japoneses no menu de um aficionado pelo saquê

Michelle Alves de Lima, O Estado de S.Paulo

12 Junho 2008 | 03h20

De dentro do Shibuya é possível ouvir o tilintar dos caça-níqueis de um dos cassinos mais famosos do mundo. Mas quem está neste restaurante japonês que funciona no MGM Grand Hotel prefere fazer uma aposta mais segura: os saquês premium selecionados por Ryan Steimer, um ex-integrante do Cirque de Soleil que decidiu largar o trabalho de assistente de acrobata para se dedicar inteiramente ao estudo da bebida. A caprichada carta de saquês da casa tem 120 rótulos, todos japoneses. ''Acredito que, assim como o vinho, exista um saquê perfeito para cada pessoa. Por isso acho importante ter muitas opções na casa.'' Para descobrir qual a bebida ideal para cada cliente, Steimer sempre pede a descrição dos vinhos prediletos dos comensais. Informações como corpo e complexidade são fundamentais para Ryan fazer a escolha certa. O copo escolhido e o acompanhamento também influenciam no resultado final, segundo o sommelier. ''O massu, aquele copo quadrado, faz parte de uma tradição antiga dos japoneses de tomar a bebida no objeto que também era usado para medir a quantidade de arroz.'' Ele serve o saquê em quatro diferentes tipos de receptáculo: no pequeno chokko, que é para degustação (mínimo de três); na taça de vinho do Porto (apenas os chamados ''saquês do dia''); na taça de vinho branco jovem; e na tokuri, uma garrafa com 235 ml. ''Dessas formas, o saquê libera todo seu potencial de aromas e sabores.'' Com essa atenção toda, ele serve mais de 30 litros da bebida por dia, com preços entre US$ 17 e US$ 1.300. GELATINA SAKAMOTO Cubos de saquê com sorvete de maçã verde Uma das atrações do restaurante de Jun Sakamoto é o sorvete de maça verde com gelatina de saquê, simples e delicioso.   Rendimento: 4 porções Duração: 30 minutos Dificuldade: fácil Ingredientes 1 l de saquê Mirin (doce) 1 pacotinho (12g) de gelatina em pó sem sabor Preparo Aquecer o saquê até reduzir pela metade. Acrescentar a gelatina e deixar esfriar até a temperatura ambiente, depois levar à geladeira. Corte em cubos e sirva acompanhado de sorvete de maça verde. Decore com folhas de hortelã e sementes de papoula.

Mais conteúdo sobre:
las vegas saquê gelatina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.