Ex-funcionário é acusado de assaltar hotel no Rio

Segundo o comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar (PM) da Praça da Harmonia, coronel Edílson de Moraes Filho, testemunhas ouvidas pela polícia reconheceram um ex-funcionário do hotel entre os assaltantes de pelo menos 10 turistas hospedados em um hotel de luxo de Santa Teresa.

TIAGO ROGERO, Agência Estado

18 Julho 2011 | 13h24

Ele estava encapuzado, mas foi reconhecido pelo porte físico. De acordo com o coronel, os criminosos cortaram os fios de algumas câmeras, mas foram flagrados pelo sistema de vigilância. Policiais civis fazem o retrato falado dos assaltantes. De acordo com a assessoria de imprensa do hotel, todas as vítimas estão deixando a hospedaria.

O hotel é o mesmo em que a cantora inglesa Amy Winehouse se hospedou em janeiro. A diária custa em média R$ 600. De acordo com a assessoria de imprensa do hotel, a ocupação estava completa para o final de semana. São 44 quartos, mas não foi informado o número exato de hóspedes.

Mais conteúdo sobre:
violência arrastão hotel turistas Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.