Expo Araçatuba terá foco em genética bovina

Uma inovação é a mostra PEC que reunirá mais de 800 animais[br]rústicos das raças nelore e nelore-mocho

O Estado de S.Paulo

19 Julho 2007 | 06h32

De sexta-feira ao dia 15, a 48ª Exposição Agropecuária de Araçatuba, promovida pelo Sindicato Rural da Alta Noroeste (Siran) e organizada pela Safra Eventos, deverá reunir em Araçatuba (SP) 2.100 bovinos, ante 1.700 em 2006, aumento de 23,5%. A mostra terá gado nelore padrão e mocho, canchim, caracu, brahman, brangus, tabapuã, guzerá, marchigiana, senepol e bonsmara, holandês, girolando e jérsei, além de ovinos, caprinos e eqüinos. INOVAÇÃO Uma das inovações é a PEC Araçatuba, que reunirá, até o dia 10, cerca de 800 animais rústicos das raças nelore e nelore-mocho, de vários programas de melhoramento genético. "Vamos demonstrar a tecnologia disponível ao melhoramento genético, voltada para ganho de peso e ao melhor acabamento de carcaça", afirma o diretor do Siran, Luis Antonio Setubal, acrescentando que também será divulgada a importância da qualidade como alimento, por meio do Serviço de Informação da Carne (SIC). "Faremos palestras sobre os cortes e as qualidades da carne bovina", afirma o presidente do SIC, Carlos Viacava. LEILÕES Estão programados 20 remates, com a oferta de 7.500 animais, que deverão responder por faturamento superior a R$ 10 milhões. "A expectativa é boa, a procura por reprodutores está aquecida, por causa da valorização do bezerro", afirma Lourenço Miguel Campo, da Central Leilões, que fará 11 remates da mostra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.