Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Geral » Facebook desafia publicidade na TV com campanhas mais inteligentes

Estadão

Estadão

TECH

Facebook desafia publicidade na TV com campanhas mais inteligentes

Sem os milhões de dólares necessários para pagar por um caro anúncio de TV do Super Bowl, o britânico Newcastle Brown Ale disparou uma enorme e diferente campanha nos Estados Unidos que jamais faria por meio da televisão.

0

PAUL SANDLE,
REUTERS

17 Junho 2014 | 13h55

A empresa controlada pela Heineken, que zombou das táticas de publicidade rivais no jogo do campeonato de futebol americano, correu no Facebook e no YouTube.

    A iniciativa foi um sucesso, gerando nível de resposta online semelhante à de algumas marcas que compraram tempo de TV do Super Bowl.

O diretor de marca Quinn Kilbury disse que os consumidores estavam cansados de clichês de publicidade caros, com narrações dramáticas. "Eles adoram o fato de Newcastle mostrar como as coisas são", disse.

O custo médio de um anúncio de 30 segundos no Super Bowl - que este ano o programa de TV mais assistido nos EUA na história, com mais de 111 milhões de espectadores -foi de cerca de 4 milhões de dólares. O Newcastle disse que sua campanha custou "uma fração" do anúncio do Super Bowl, sem detalhar.

O Facebook busca ganhos com publicidade para elevar suas vendas, disse o analista da eMarketer Debra Aho Williamson. O grupo de análise de mídia prevê que a receita de publicidade do Facebook vai subir de 6,99 bilhões de dólares em 2013 para 10,75 bilhões neste ano, e chegar a 16,96 bilhões dólares em 2016.

((Tradução Redação São Paulo; + 55 11 5644-7712))

REUTERS AAP LB

Mais conteúdo sobre: