Falha no Windows Vista pode permitir acesso de hackers

O novo sistema operacional da Microsoft, o Windows Vista, possui um problema em sua programação que pode permitir o acesso de hackers. No entanto, tanto a Microsoft como especialistas indicaram que a falha não é muito importante e não permitiria, por exemplo, a criação de um vírus para lançar um ataque. A empresa assinalou que está investigando a brecha e acrescentou que para que um ataque tenha sucesso o hacker deve ter acesso a um computador vulnerável. Segundo os especialistas, o problema não poderia ser aproveitado na criação de um vírus ou em um ataque do sistema Windows Vista de forma remota. "Só tem importância pelo fato de que é a primeira vulnerabilidade que afeta o Windows Vista", assinalou Mikko Hipponen, diretor de uma empresa finlandesa de segurança informática. Hipponen acrescentou que o problema também poderia afetar os demais sistemas Windows, mas acrescentou que é bastante comum e pode ser resolvido com o upgrade que a Microsoft coloca à disposição de seus clientes todos os meses. Mike Reavey, diretor de segurança da Microsoft, também minimizou a importância do problema e assinalou no site da empresa que continua confiando no sistema, porque "até agora o Windows Vista é a plataforma mais segura" da companhia. O Windows Vista, considerado a atualização mais importante do Windows desde a versão XP, em 2001, foi colocado à disposição das empresas no final de novembro deste ano e só estará no mercado a partir de 30 de janeiro. A existência do problema no sistema, que a Microsoft disse que era o mais seguro de seus produtos, foi revelada recentemente por um portal russo.

Agencia Estado,

27 Dezembro 2006 | 08h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.