Falso médico pode estar ligado a morte

Fernando Henrique Guerreiro - que se fazia passar na Santa Casa de Sorocaba (SP) pelo médico Ariosvaldo Florentino - está sendo investigado pela morte de uma paciente. Até ser preso, domingo, ele atendia 50 pacientes por dia. A Santa Casa diz que não tinha por que desconfiar dos documentos apresentados. / J.M.T.

O Estado de S.Paulo

12 Dezembro 2012 | 02h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.