Fãs ficam 3 dias em fila para saber fim de Harry Potter

''As Relíquias da Morte'' chega às livrarias dos países de língua inglesa neste sábado.

BBC Brasil, BBC

20 Julho 2007 | 05h35

O sétimo e último livro da série do personagem Harry Potter, Harry Potter e As Relíquias da Morte, começa a ser vendido na Grã-Bretanha, nos Estados Unidos e em outros países de língua inglesa neste sábado. Em Londres, grandes livrarias planejam abrir suas portas às 0h01 (hora local, 20h01 da sexta-feira em Brasília), mas as filas já começaram a se formar na tarde de quarta-feira. Na quinta-feira, jornais americanos publicaram resenhas sobre o livro, alegando que tiveram acesso a cópias que, segundo eles, teriam sido distribuídas antes do embargo. A autora da série, J.K. Rowling se irritou e pediu, em um nota em seu site oficial, para que os fãs "ignorem as informações errôneas publicadas na internet e na imprensa" e para que "preservem os segredos da história para todos aqueles que esperaram ansiosamente pela publicação do livro". Até agora, oficialmente, o que os fãs do personagem sabem é que dois personagens morrem em Harry Potter e As Relíquias da Morte, segundo revelação da própria autora. Há especulações de que um desses mortos seria o próprio protagonista. Rowling ainda confessou que durante muito tempo a última palavra do livro era "cicatriz". Mas que depois acabou mudando o texto. O jornal The New York Times, no entanto, diz ter conseguido uma cópia do novo livro em uma loja de Manhattan, e afirma que "pelo menos seis personagens morrem". O diário americano também revela o que seriam as relíquias mortais. Harry Potter e As Relíquias da Morte chega às prateleiras batendo recordes. Segundo a editora Bloomsbury, que publica a série na Grã-Bretanha, a pré-venda do título aumentou em 17% em relação ao anterior, Harry Potter e o Segredo do Príncipe, de 2005. Apenas a livraria virtual Amazon recebeu 1,6 milhão de encomendas em todo o mundo, e a distribuição está sendo cercada por um forte esquema de segurança. A editora Rocco, que publica a série no Brasil, diz, em seu site, que o lançamento de As Relíquias da Morte no país deve ocorrer "até o fim deste ano". A saga do personagem começou em 1997, com a publicação de Harry Potter e A Pedra Filosofal. Na época, a editora Bloomsbury deu a Rowling um adiantamento de US$ 6 mil para que ela terminasse o livro. A tiragem inicial foi de 500 cópias. Desde então, foram vendidos em todo o mundo mais de 325 milhões de exemplares dos seis primeiros títulos. A autora acumula atualmente uma fortuna de mais de US$ 1 bilhão. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.