Fotografia digital movimentará US$ 18 bi no mundo

A empresa norte-americana de pesquisas IC Insights realizou um levantamento para indicar o tamanho do mercado de fotografia digital. Considerando tanto o mercado de produtos de consumo e profissionais, o setor foi avaliado em US$ 18 bilhões ano em todo o mundo. A estimativa da empresa é de que este mercado ainda esteja em crescimento, com a expansão em novos mercados com a substituição de máquinas convencionais e a substituição por novos modelos em regiões onde a foto digital está mais consolidada, como Europa, EUA e Japão. Segundo a IC Insights, serão vendidas cerca de 82 milhões de câmeras digitais no próximo ano, com um crescimento de 7% em relação a este ano, sendo que 2006 deve registrar um crescimento de 13% na comparação com 2005. Mas é pouco se comparado ao crescimento registrado entre 2000 e 2005, com média anual de 38% em todo o mundo. A queda na taxa de crescimento se deve principalmente à ligeira saturação nos principais mercados consumidores. Entre os tipos de câmeras digitais, as que usam sensores do tipo CCD (charge-coupled devices) respondem por 79% do total, ficando as demais com os sensores CMOS. A IC Insights também projeta que os sensores CMOS, que já estiveram associados a imagens de menor qualidade, ganharam força e aperfeiçoamentos técnicos que farão com que estes sensores passem as câmeras CCD em 2009. Mas é na comparação com as câmeras convencionais que se sente a diferença. Segundo a empresa, para cada quatro câmeras digitais vendidas, só uma câmera convencional chegará ao varejo.

Agencia Estado,

04 Dezembro 2006 | 11h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.