Fotógrafo registra beleza e decadência de prédios em Havana

Michael Eastman registrou capital cubana com câmera analógica de grande formato.

BBC Brasil, BBC

27 Dezembro 2012 | 07h00

Em ruínas

O fotógrafo americano Michael Eastman registrou as fachadas e interiores de prédios antigos de Havana.

Coloridos e danificados, os prédios retratados estão na nova exposição do fotógrafo na galeria Michael Hoppen, de Londres.

Com a série Havana, Eastman registra a textura e a decadência arquitetônica da capital cubana.

As casas, que já foram lares para pessoas ricas, têm fachadas decoradas e atualmente podem ser vistas como parte do cenário onde décadas de sanções dos EUA deixaram a cidade como um museu vivo de carros e prédios antigos.

As fotos foram feitas durante a quarta viagem de Eastman a Cuba, com uma câmera analógica.

As fotos de Eastman revelam a vida passada dos prédios. Retângulos de cores mais claras parecem fantasmas dos quadros que já passaram pelas paredes.

As fotografias de Eastman já foram publicadas por revistas como Time, Life e American Photographer. Seu trabalho está nas coleções permanentes do Metropolitan Museum of Art e do The Art Institute of Chicago, entre outros. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
also cuba havana michael eastman

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.