1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine


Fundador bilionário da JD.com define próximo desafio: superar a Alibaba

REUTERS

18 Junho 2014 | 14h 53

Com uma mão de ferro, o fundador da companhia JD.com, Richard Liu, transformou a segunda maior varejista da China de uma pequena empresa de Pequim em uma rica companhia listada em Nova York. O próximo alvo de Liu é superar a Alibaba de Jack Ma.

"A concorrência torna as duas companhias mais fortes", disse Liu, um bilionário aos 41 anos. "Na verdade estou realmente gostando de competir", disse o presidente-executivo à Reuters em uma entrevista.

Além de ações de uma companhia de 37 bilhões de dólares, Liu ainda controla 84 por cento dos direitos à voto da JD.com. Se isso causa preocupações sobre a governança, também torna mais pessoal a sua determinação de enfrentar a maior concorrente, a gigante de comércio eletrônico Alibaba fundada por Ma.

"Ele tem essa ambição de vencer ... ele diz que só há o primeiro colocado, não há o segundo", disse Kathy Xu, fundadora e sócia-gerente da Capital Today Group. Xu, uma das mais bem-sucedidas investidoras em empresas emergentes da China, colocou 10 milhões de dólares na JD.com em 2006: seu investimento vale hoje 110 vezes esse montante.

Como a Amazon.com, a JD.com tem um negócio de comércio eletrônico focado em logística. A companhia, cuja equipe de entregas é maior que os 22 mil funcionários da Alibaba, promete entregas no mesmo dia em 43 das maiores cidades da China.

"É sobre quem pode dar aos consumidores a melhor experiências, são estes que vão ter sucesso e alcançar a vitória final", disse Liu. Segundo a iResearch, o mercado de comércio eletrônico da China vai crescer quase dois terços para 4,45 trilhões de iuanes (717 bilhões de dólares) em 2017, ante 1,84 trilhão de iuanes em 2013.

(Por Paul Carsten)