Gene que favorece a mão esquerda também afeta emoções

Gene envolvido em tornar as pessoas canhotas também modifica partes do cérebro ligadas à fala e emoções

BBC Brasil, BBC

31 Julho 2007 | 11h53

Cientistas britânicos dizem ter descoberto um gene que, além de aumentar a probabilidade de as pessoas serem canhotas, também estaria associado ao risco de doenças como a esquizofrenia. A equipe do Centro de Genética Humana da Universidade de Oxford acredita que o gene, nomeado LRRTM1, desempenha um papel importante no controle de partes do cérebro que comandam certas funções específicas como a fala e as emoções. O estudo publicado na revista Molecular Psychiatry explica que nos destros, o lado esquerdo do cérebro normalmente controla a fala e a linguagem, enquanto o direito comanda as emoções. Nos canhotos acontece exatamente o contrário e, na opinião dos cientistas, o gene LRRTM1 seria o responsável por essa troca. Os pesquisadores estimam que o gene não só arrumaria o cérebro dos canhotos de forma diferente, como também aumentaria o risco de esquizofrenia. A esquizofrenia se carateriza principalmente por sintomas como confusões mentais, alucinações (sobretudo auditivas) e delírios. Clyde Francks, que liderou a pesquisa, disse esperar que a pesquisa "ajude a entender o desenvolvimento da assimetria do cérebro". O pesquisador ponderou que os canhotos não devem se preocupar com a ligação entre canhotismo e esquizofrenia. "Há muitos fatores que levam certos indivíduos a apresentarem esquizofrenia e a grande maioria dos canhotos nunca vai desenvolver o problema", afirma Francks. "Ainda não conhecemos com precisão o papel deste gene". Algumas evidências sugerem que há grandes diferenças entre canhotos e destros. Uma pesquisa feita na Austrália no fim do ano passado indicou que pessoas canhotas pensam mais rápido quando estão praticando certas atividades, como esportes ou jogando jogos de computador.    BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
canhoto destro genética esquizofrenia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.