1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine


Governo discute mudanças no Campo de Marte com Haddad

Luciana Collet - Agência Estado

13 Fevereiro 2014 | 12h 38

A Prefeitura de São Paulo tem planos de limitar o uso do aeroporto, tornando-o um heliporto

O ministro da Secretaria Aviação Civil (SAC), Moreira Franco, se encontra nesta quinta-feira, 13, com o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, para tratar sobre "a desativação" do Aeroporto de São Paulo - Campo de Marte, informou a SAC. O presidente da Infraero, Gustavo do Valle, também participará da reunião.

A Prefeitura de São Paulo tem planos de limitar o uso do Campo de Marte, tornando-o um heliporto. Um pedido formal foi encaminhado para o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) da Aeronáutica em meados do ano passado.

O objetivo da prefeitura com a mudança é viabilizar a construção dos prédios do Arco do Futuro, projeto urbanístico que foi promessa de campanha do prefeito Fernando Haddad, uma iniciativa que visa reequilibrar o desenvolvimento econômico e social da cidade, estimulando a criação de empregos na região.

Com a movimentação apenas de helicópteros, seria dispensado o espaço reservado para aproximação dos aviões (conhecido como "cone") e a ocupação da vizinhança do aeroporto passaria a ser mais flexível.

Atualmente, o Campo de Marte opera exclusivamente voos executivos e táxi aéreo. O aeroporto também abriga escolas de pilotagem e o Serviço Aerotático das Polícias Civil e Militar. Apesar de não receber voos regulares de aviação comercial, é um dos maiores aeroportos do País em movimento operacional, segundo a Infraero, sendo que cerca de 70% de suas operações são realizadas por helicópteros.