Grupo invade falsa lan house e faz 15 reféns em SP

Local mantinha serviço de jogos de azar on-line; bandidos se entregaram e ninguém se feriu

Ricardo Valota e Daniela do Canto, Agência Estado

02 Dezembro 2008 | 07h30

Um grupo de pelo menos quatro homens manteve reféns 15 pessoas por cerca de duas horas na madrugada desta terça, 2, entre clientes e funcionários, no interior de uma falsa lan house no Bosque da Saúde, zona sul da capital paulista. Policiais militares, ao tomarem ciência do assalto em andamento, cercaram o local, que, na verdade, mantinha computadores nos quais estão embutidos jogos eletrônicos de azar que eram acessados após crédito on-line solicitado pelo cliente. Os suspeitos chegaram ao estabelecimento num carro onde foram encontrados um par de algemas e três toucas ninja. Os quatro homens se entregaram depois da chegada de um advogado, cujo cliente era uma das vítimas. O grupo só aceitou se entregar depois que a polícia prometeu integridade física a todos. Uma varredura foi feita no estabelecimento e num imóvel ao lado, pois nenhuma arma havia sido encontrada com os criminosos, um deles usando um suposto colete da Polícia Federal. Durante a vistoria, os policiais encontraram na casa de jogos um revólver e uma submetralhadora. Ninguém ficou ferido no assalto.

Mais conteúdo sobre:
violência reféns São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.