Há vagas!

Empresas de software e serviços de tecnologia precisam de 33 mil programadores até 2009. Grande São Paulo concentra 47% da demanda pela mão de obra.

02 Agosto 2008 | 00h00

A falta de trabalhadores especializados é um dos grandes gargalos do mercado brasileiro de software e serviços de tecnologia. A Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) fez um levantamento entre seus associados para mapear a necessidade de contratação da empresas até o ano que vem. A Brasscom reúne as maiores companhias de software do País, responsáveis por cerca de 70% do faturamento do setor. Leia a reportagem completa no caderno Economia&Negócios deste sábado. Em 12 de maio, o governo anunciou medidas de desoneração das exportações do setor de tecnologia. Leia mais aqui. Em 21 de abril, o Link publicou uma reportagem de capa sobre o desenvolvimento independente de games em todo o mundo, inclusive no Brasil, outra área que promete muito. Leia mais aqui. Já na edição do dia 14 de julho foi à vez de mostrarmos uma equipe brasileira de desenvolvedores independentes de games que ganhou notoriedade mundial com uma vitória na Imagine Cup, na França.

Mais conteúdo sobre:
tecnologia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.