1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine


Hamilton coloca Mercedes mais uma vez no topo no Canadá

STEVE KEATING - REUTERS

06 Junho 2014 | 19h 15

Lewis Hamilton mostrou toda sua vontade de recuperar a liderança do Mundial de Fórmula 1 das mãos de seu companheiro de equipe na Mercedes, Nico Rosberg, ao ditar o ritmo dos treinos livres para o Grande Prêmio do Canadá, nesta sexta-feira.

O britânico, três vezes vencedor no circuito Gilles Villeneuve, marcou a melhor volta com 1m16s118, em uma tarde nublada às margens do rio St. Lawrence.

O piloto da Ferrari Fernando Alonso ofuscou a hegemônica Mercedes ao ficar no topo da tabela de tempos na sessão matinal do treino, mas Hamilton e Rosberg rapidamente restabeleceram a ordem à tarde, emplacando mais uma dobradinha na dianteira.

“Nico é muito, muito rápido, as Ferraris também são rápidas, então simplesmente não se sabe. Esperemos para ver”, disse Hamilton sobre suas chances de conseguir a pole position.

Desde que chegaram ao Canadá, Hamilton e Rosberg tentam minimizar a rixa entre ambos que tem dominado os bastidores, mas, na pista, a rivalidade entre os dois continua firme.

O alemão, que em Mônaco quebrou a sequência de quatro vitórias de Hamilton e tomou a dianteira do Mundial, ficou 0s175 atrás do companheiro de equipe, preparando o terreno para mais uma acirrada disputa pela pole no sábado.

“Eu acho que a posição no grid vai ser bem crucial”, disse Rosberg, que conseguiu a pole no Bahrein e em Mônaco.

Rosberg lidera a classificação geral do campeonato com 122 pontos e Hamilton vem logo atrás com 118, enquanto que com 240 pontos a Mercedes está bem a frente da segunda colocada no campeonato de construtores, a Red Bull, com 99 pontos.