1. Usuário
Jornal do Carro
Assine o Estadão
assine


Higienização: uma faxina pesada no interior do carro

Ana Morano - O Estado de S.Paulo

17 Fevereiro 2008 | 01h 10

Limpeza que tira odores e manchas tem preço a partir de R$ 160 e demora cerca de dois dias para ser feita

Cheiros desagradáveis, teto amarelado, manchas nos bancos. Quem já teve esses problemas no carro sabe que para resolvê-los não basta uma simples lavagem. Nesses casos, o mais indicado é uma espécie de faxina pesada, a higienização. Completa, requer a remoção de bancos, console e carpete. Há até produtos específicos para retirar odores impregnados. Na capital há várias empresas especializadas no serviço. Segundo Takao Kawano, dono da 274 Limpeza (5572-2125), na Vila Mariana, zona sul, a maior parte dos clientes que o procura quer limpar bancos manchados ou eliminar mau cheiro provocado por água de peixe ou carne. "São comuns também os que quebraram ovos dentro do carro ou querem remover odor de cigarro." Kawano explica que para poder atuar diretamente no foco do problema, primeiro é preciso que sua causa seja identificada. Na maioria das vezes, são trocados os feltros que revestem o interior do carro. A utilização de produtos específicos para cada tipo de material - revestimentos de plástico e couro, por exemplo - é fundamental. Em média, o processo leva dois dias para ser concluído. Na 274, a higienização completa de um VW Gol, por exemplo, custa R$ 160 sem a troca do feltro e R$ 220 com a substituição desse item. Para a perua Fiat Palio Weekend, sai a R$ 180. No caso do utilitário Mitsubishi Pajero, o preço pode chegar a R$ 320. Na Top Stop (3845-6359), que fica na Vila Olímpia, zona sul, a higienização do Chevrolet Astra sai por R$ 320. Já na Car Brasil (3462-4184), em Pirituba, zona oeste, higienizar o Ford EcoSport custa R$ 100. LIMPEZA PARCIAL Se a sujeira for localizada, é possível lavar só os bancos, por exemplo. Por esse serviço para um VW Gol a 274 cobra R$ 100. A Top Stop pede R$ 120 para o Fiat Palio e a Car Brasil, R$ 50 no Fiat Siena. Outro serviço oferecido é a recuperação de carros alagados, que leva mais tempo para ser executada - pode chegar a uma semana. O preço depende do modelo do veículo. Kawano diz que já cobrou R$ 600 para recuperar um Chevrolet Vectra, por exemplo.

  • Tags: