1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine

IBGE: 43% acima dos 14 veem TV mais de 3h por dia

JACQUELINE FARID - Agência Estado

31 Março 2010 | 11h 19

Cerca de 175 milhões (ou 92,4%) de pessoas com 14 anos ou mais tinham o hábito de assistir televisão e 75,2 milhões (42,9%) o faziam por mais de três horas diárias. Ainda, perto de 41,4 milhões do mesmo grupo etário declararam realizar alguma atividade física ou esporte, e 14,9 milhões delas (10,2%) foram consideradas ativas no lazer pelo critério da Organização Mundial de Saúde (OMS). Os dados constam no suplemento de saúde da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) 2008, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado hoje.

O critério da OMS para classificação de pessoa "ativa no lazer" leva em consideração se o indivíduo pratica futebol, basquete, ginástica aeróbica, corrida ou tênis durante pelo menos três dias por semana, com duração diária de 20 minutos ou mais; ou caminhada ou outra modalidade durante pelo menos 5 dias por semana, com duração diária de, no mínimo, 30 minutos.

O levantamento também revela que o número de pessoas que já procuraram um dentista aumentou no País entre 1998, quando chegava a 81,2% da população, e 2008, ano em que registrou 88,5%, ou 165,5 milhões de pessoas. Segundo a PNAD, "cabe destacar que, entre os 11,7% da população que nunca consultou um dentista, 47,9% tinham de 0 a 4 anos de idade, ou seja, 77,9% das crianças desta faixa etária nunca visitaram um dentista".

A pesquisa mostra também que, em 2008, embora 88,3% da população já tivesse procurado um dentista, apenas 40% tinham feito isso há menos de um ano da data da entrevista. Além disso, enquanto 98% das pessoas com rendimento mensal domiciliar per capita acima de cinco salários mínimos já tinham ido ao dentista, o porcentual foi de 71,3% para aqueles com rendimento de até um quarto do salário mínimo.