1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine

Importação de minério de ferro pela China cai pelo 2º mês; tem recorde no ano

REUTERS

10 Julho 2014 | 12h 45

As importações de minério de ferro pela China caíram pelo segundo mês consecutivo em junho, para 74,57 milhões de toneladas, uma vez que a queda acentuada nos preços provoca preocupações e encoraja os compradores no maior consumidor mundial do insumo para siderurgia a adiar ordens.

Os preços do minério de ferro caíram 13 por cento em maio, a maior queda mensal em um ano, e elevaram as expectativas de preços ainda mais baixos. A queda nas compras têm se refletido principalmente nos embarques de junho.

As importações em junho foram 3,6 por cento abaixo dos níveis observados em maio, mostraram dados da autoridade aduaneira do país nesta quinta-feira.

Mas as importações do mês passado subiram 19,7 por cento um ante um ano atrás, segundo cálculos da Reuters com base nos dados de 2013.

As importações totais no primeiro semestre do ano atingiram um recorde de 460 milhões de toneladas, um aumento de 19,1 por cento ano-a-ano.

A demanda da China não conseguiu acompanhar o aumento dos fornecimentos de minério de ferro no mercado global. Os preços de referência compilados pelo Steel Index atingiram uma mínima de 21 meses em junho.

Apesar de ceder 0,9 por cento no mês, o nível dos estoques nos portos da China de 114,8 milhões de toneladas permanece 57 por cento maior do que no mesmo período do ano passado, disse a Associação de Siderurgia e Minério de Ferro chinesa em relatório publicado esta semana.

As maiores siderúrgicas da China elevaram a produção para níveis recordes em meados de junho, segundo dados da associação, apesar das preocupações de que o crescimento da produção tem crescido continuamente acima da demanda.

A associação estimou que 97,2 por cento da produção de aço bruto adicional nos primeiros cinco meses de 2014 foi absorvida pelo mercado externo.

De acordo com dados aduaneiros desta quinta-feira, o total de exportações de produtos siderúrgicos atingiu 7,07 milhões de toneladas em junho, elevando o total ao longo dos primeiros seis meses para 41,01 milhões de toneladas, um aumento de 33,6 por cento em comparação ao ano passado.

(Reportagem de David Stanway)