Infraero registra atrasos em 22,5% dos vôos no País

A Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) informou em boletim divulgado às 20 horas de hoje que das 1.724 decolagens previstas para até aquele horário nos aeroportos do país, 388 delas - equivalentes a 22,5% - registraram atrasos de mais de meia hora. O porcentual de cancelamentos é de 9% - 155 do total de operações. Nos aeroportos de São Paulo, o de Congonhas, na zona sul da capital paulista, relatou 41 atrasos, entre as 222 operações previstas no período (18,5%). Em Cumbica foram 34 ocorrências, equivalentes a 18,8% de 181 vôos programados. No dia em que sua direção reuniu-se com a Agência Nacional de Avião Civil (Anac) para discutir medidas - e punições - para resolver as causas dos atrasos de seus vôos, a Gol continua sendo a mais faltosa. Tinha 518 decolagens agendadas pelo País e não conseguiu ser pontual em 218 delas - 42,1% do total.

FABIO M. MICHEL, Agencia Estado

26 Dezembro 2008 | 20h42

Mais conteúdo sobre:
aeroportos atrasos Infraero

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.