Jogador de rugby encontra dente cravado na cabeça

Australiano ficou 4 meses sentindo dores, sem notar dente de oponente na cabeça.

BBC Brasil, BBC

17 Julho 2007 | 09h20

Um jogador australiano de rugby competiu por mais de quatro meses com o dente de um oponente cravado na cabeça. O atleta do time Wynnum, de Brisbane, bateu de cabeça com um jogador do time adversário em abril deste ano e precisou levar pontos acima do olho esquerdo. Mais tarde, Czislowski teve uma infecção no olho e passou a sentir dores lancinantes. A causa dos problemas foi descoberta por um médico na semana passada. "Eu consigo rir disso agora, mas o médico me disse que poderia ter sido muito sério", disse o jogador de 24 anos. Czislowski agora guarda o dente na mesinha de cabeceira como prova do ferimento bizarro, mas disse estar disposto a enviá-lo por correio ao verdadeiro dono, o jogador Matt Austin, do time Tweed Heads. Austin quebrou a mandíbula e perdeu vários dentes no incidente. Problemas deste tipo não são novidade no rugby. Em 2004, o jogador Shane Millard também teve o dente de um oponente retirado de sua cabeça. Dois anos antes, o braço de outro atleta, Jamie Ainscough, ficou tão infeccionado que se cogitou a amputação, até que a causa foi descoberta. O dente de um oponente tinha ficado dentro da ferida. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.