Jovem é presa ao simular o próprio sequestro em Santos

Uma jovem de 21 anos foi presa em Santos, no litoral sul paulista, na quinta-feira (06), quando a Polícia descobriu que ela simulou o próprio sequestro, com a justificativa de queria descobrir se os pais gostavam dela.

ZULEIDE DE BARROS, ESPECIAL PARA AGÊNCIA ESTADO, Agência Estado

07 Dezembro 2012 | 16h57

A moça contou à polícia que a simulação foi planejada após uma briga com os pais. Ela fugiu para a casa de uma tia e, ao encontrar um amigo, ele e mais quatro rapazes sugeriram que ela simulasse o sequestro, que foi colocado em prática. A jovem e os cinco rapazes foram presos.

De acordo com o delegado Carlos Alberto da Cunha, a jovem chegou a falar com os pais, por telefone, durante o falso sequestro. "Ela chegou a simular choro e sofrimento, o que teria deixado os pais bastante abalados", informou. Descoberta a armação, a polícia chegou a todo o grupo, que foi preso em flagrante.

Durante a prisão, a jovem confessou estar arrependida. "Quando vi a minha mãe e a minha tia nervosas, fiquei abalada e percebi que fui longe demais", disse. Após ser presa, a moça afirmou que tem consciência do crime que cometeu. "Vou pagar pelo meu erro e juro que vou mudar quando sair da cadeia."

Os cinco rapazes que participaram do falso sequestro foram autuados por crime de extorsão, porque exigiram dinheiro dos pais da jovem para libertá-la. A moça, por sua vez, será autuada por estelionato.

Mais conteúdo sobre:
sequestro simulação Santos SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.