Kuwait vai sediar conferência humanitária pela Síria em janeiro

O Kuwait disse nesta segunda-feira que vai sediar uma conferência humanitária internacional no fim de janeiro para ajudar a Síria, em meio à preocupação crescente em torno de milhões de sírios atingidos pela guerra e pelo frio do inverno.

Reuters

24 Dezembro 2012 | 15h54

Falando em uma reunião de cúpula do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG), um grupo de seis países exportadores de petróleo do Golfo Árabe, o xeque emir do Kuwait, Sabah al-Ahmad al Sabah, disse que o Kuwait estava agindo em resposta a um convite do secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon.

"A ferida ainda está sangrando na Síria, e continua matando dezenas de nossos irmãos a cada dia", disse ele em reunião anual do CCG no Bahrein.

"Em resposta ao secretário-geral Ban Ki-moon, haverá uma conferência internacional de doadores para o povo sírio. O Kuwait concordou em sediar a conferência, que acontecerá no final de janeiro."

A Organização das Nações Unidas apelou em 19 de dezembro por 1,5 bilhão de dólares para ajudar a salvar as vidas de milhões de sírios que sofrem o que se denomina uma situação dramática de deterioração humanitária.

(Reportagem de Asma Alsharif e Mahmoud Habboush)

Mais conteúdo sobre:
KUWAIT SIRIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.