LG lança tocador que roda discos Blu-ray e HD DVD

A sul-coreana LG Electronics tenta acabar com a disputa entre os dois novos formatos de DVD lançando um aparelho que reproduz ambos e que será uma das atrações da Feira Internacional de Eletrônica (CES, em inglês). A feira, que começa nesta segunda-feira em Las Vegas, é a maior exposição de tecnologia para o consumidor do mundo, à qual comparecerão 140 mil pessoas, segundo os organizadores. Milhares de aparelhos destinados a tornar a vida mais fácil, mais divertida ou mais eficiente estarão expostos na feira. A demonstração mais esperada é o novo aparelho de DVD da LG que combina dois reprodutores: um para o formato Blu-ray e outro para o HD-DVD. O Blu-ray pode armazenar mais dados, mas é mais caro. O HD-DVD, desenvolvido pela Toshiba, conta com o respaldo da Microsoft, NEC, Intel, Walt Disney e Paramount, entre outros, enquanto do lado da Sony, criadora do Blu-ray, estão Panasonic, Sharp, Samsung, Dell e Hewlett-Packard. A Time Warner já prometeu discos em um formato alternativo, chamado Total HD, que funcionariam tanto em reprodutores de Blu-ray como de HD-DVD. A concorrência entre os dois formatos e o alto preço dos sistemas fizeram com que apenas 250 mil reprodutores da nova geração de DVDs fossem vendidos este ano, frente aos 750 mil previstos pela Associação de Produtos Eletrônicos de Consumo (CEA, em inglês). Expansão Mas, se esta frente foi uma decepção para o setor, as grandes vendas de televisões de tela plana nos Estados Unidos a compensaram amplamente. Este ano, a CEA prevê receitas no valor de US$ 26 bilhões nos EUA relativas à venda de televisões com tela de cristal líquido (LCD) e de plasma, graças à queda dos preços, informou a associação. No total, as vendas por atacado dos fabricantes de aparelhos eletrônicos superarão os US$ 155 bilhões este ano, o que significa um crescimento de 7% com relação a 2006, quando o setor superou as expectativas e faturou 13% a mais. "Ultrapassamos as projeções originais pelo segundo ano consecutivo e as boas perspectivas do setor são uma prova de que os americanos não podem viver sem seus amados aparelhos eletrônicos", disse Gary Shapiro, presidente da CEA. Além disso, a busca de novos produtos não para. O presidente da Microsoft, Bill Gates, fez no domingo à noite o primeiro discurso da feira, às vésperas da estréia do novo sistema operacional Windows Vista.

Agencia Estado,

08 Janeiro 2007 | 09h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.