1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine


Litoral de SP tem 8 mortes por afogamento no feriado

REJANE LIMA - Agência Estado

26 Abril 2011 | 15h 52

Pelo menos oito pessoas morreram afogadas no litoral paulista durante o feriado prolongado de Tiradentes e Páscoa, informou o Corpo de Bombeiros. Todas as vítimas são do sexo masculino e têm idades entre 22 e 48 anos. O 17.º Grupamento de Bombeiros Salvamar Paulista realizou 192 salvamentos nas praias do Estado entre os dias 21 e 24 deste mês.

A cidade com o maior número de óbitos por afogamento foi Praia Grande, onde três pessoas se afogaram: um jovem de 24 anos se afogou por volta das 13 horas de quinta-feira na praia do Jardim Imperador e duas pessoas morreram afogadas no sábado, sendo um homem de 35 anos, às 11 horas no bairro Ocian, e outro de 36 anos, por volta do meio-dia na Vila Caiçara.

Os demais afogamentos ocorreram no Guarujá, Itanhaém e Ilha Comprida, na quinta-feira; em Bertioga, na sexta-feira; e em Ubatuba, no sábado. Não houve mortes por afogamento no domingo, quando o tempo mudou e choveu na maior parte do litoral.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o grande número de salvamentos e óbitos aconteceu principalmente por causa do tempo ensolarado e do calor entre quinta-feira e sábado, quando milhares de turistas lotaram as praias. O número de turistas que seguiram para a Baixada Santista, por exemplo, superou inclusive as expectativas da Ecovias: a concessionária que administra o sistema Anchieta-Imigrantes previa que entre 250 mil e 360 mil veículos seguiriam para o litoral no feriadão, porém o número de veículos chegou a 397 mil.