Mapa limita presença de sementes invasoras

O Departamento de Fiscalização de Insumos Agrícolas, do Ministério da Agricultura (Mapa), acompanha e certifica a produção agropecuária. Segundo coordenador de Sementes e Mudas do Mapa, José Neumar Francelino, existem padrões de identidade e qualidade para as diversas espécies. ''''No caso de sementes, há um padrão em relação às espécies invasoras que têm sua presença limitada em um lote'''', explica. A verificação é feita em laboratórios de análise de sementes credenciados, oficiais e particulares credenciados pelo órgão. Embora tenha uma regra de trânsito internacional de pessoas relacionada à fitossanidade, Francelino diz que o contrabando pode trazer problemas, como a introdução de pragas quarentenárias (que não existem no País) ou não-quarentenárias regulamentáveis (existem no País, mas com limites determinados de tolerância da sua presença em lotes de materiais importados). A fiscalização Mapa tem impedido a entrada de pragas nocivas ao ambiente. Como é o caso do Besouro Chinês (Anoplophora Glabripennis), interceptado no Porto de Itajaí (SC), no ano passado, em carga procedente da China. Trata-se de um besouro extremamente agressivo e de alto poder destrutivo. Em 2004, os Estados Unidos gastaram US$ 138 milhões no seu combate e no replantio de florestas atacadas, segundo o Aphis - Animal and Plant Health Inspection Service.

O Estado de S.Paulo

18 Julho 2007 | 05h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.