MercadoLivre vê forte crescimento em transações em 2007

O site de leilões MercadoLivre espera que a venda de produtos por seu sistema alcance cerca de US$ 2 bilhões em 2007, o que representaria um avanço de 80% sobre o volume do ano passado. A empresa, que tem entre seus acionistas o eBay, opera em 12 países da América Latina. Em 2006, o volume de negócios fechados pelo MercadoLivre totalizou US$ 1,1 bilhão, contra US$ 608 milhões no ano anterior, segundo o diretor-presidente do MercadoLivre no Brasil, Stelleo Tolda. O desempenho nos 12 meses passados foi impulsionado pelo ingresso de 6,5 milhões de pessoas à base de internautas do MercadoLivre na região, que encerrou dezembro em 18,1 milhões de usuários. Tolda não revela detalhes de faturamento, mas a companhia cobra 1% do valor do produto para que seja colocado à venda no MercadoLivre. A comissão sobre cada negócio concluído é de 4%. "Estamos numa curva para cima, vamos investir este ano um pouco mais que o ano passado (...) Nosso foco está em captação de mais usuários", disse o executivo a jornalistas nesta quinta-feira, sem revelar valores de investimentos. O MercadoLivre abriu sites locais na Costa Rica, no Panamá e na República Dominicana entre novembro e dezembro, após campanha publicitária contratada para toda a América Latina. "As pessoas desses países viam o comercial, mas queriam um site local", disse Tolda. O Brasil é responsável por cerca da metade do total de transações realizadas no MercadoLivre. O México representa outros 20% e foi o mercado que mais cresceu em 2006, disse Tolda. O MercadoLivre foi criado em 1999 na Argentina. Naquele mesmo ano, a companhia abriu escritórios no Brasil e no México. eBAY O maior site de leilões do mundo, o norte-americano eBay, detém uma participação de 20% no capital do MercadoLivre. A integração entre ambos, contudo, é reduzida, porque os produtos listados em um deles não podem ser buscados pelos usuários do outro, e vice-versa. "As plataformas são diferentes", afirmou Tolda. Segundo o executivo, as empresas promovem conferências a cada seis meses para troca de informações e experiências. Nesse sentido, a utilização de recursos de telefonia para facilitar os negócios dos usuários do eBay --iniciada após a compra da Skype por US$ 2,5 bilhões em 2005-- está sendo observada pelo MercadoLivre. "VoIP (telefonia pela Internet) é interessante, mas estamos vendo como vai acontecer", disse Tolda. De acordo com ele, uma em cada 10 mil transações no MercadoLivre do Brasil resulta em algum tipo de fraude (produto pago e não entregue, falsificado etc.). Para combater o problema, a empresa dedica 50 dos 260 funcionários da operação brasileira para analisar os valores das transações e os anúncios.

Agencia Estado,

18 Janeiro 2007 | 17h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.