Microsoft quer interoperabilidade com empresas de TI

A Microsoft anunciou sua entrada na Interop Vendor Alliance, um grupo global de fornecedores de software e hardware que trabalhará conjuntamente na busca de melhorias técnicas para aperfeiçoar a interoperabilidade com seus sistemas. Entre os membros fundadores da aliança estão Advanced Micro Devices (AMD), BEA Systems, Business Objects, CA, The Carbon Project, Centeris Corp., Citrix Systems, GXS, IP Commerce, JNBridge LLC, Kernel Networks, Levi, Ray & Shoup, Microsoft, NEC Corp. of America, Network Appliance, Novell, Q4bis, Quest Software, Siemens Enterprise Communications, SOFTWARE AG, SugarCRM, Sun Microsystems, Symphony Services, Xcalia e XenSource. A iniciativa, segundo divulgou a empresa, está aberta à participação de outras organizações e fornecedores do setor. Em um ambiente de TI cada vez mais heterogêneo, ou seja, com sistemas diferentes atuando em conjunto, se torna cada vez mais importante garantir a interoperabilidade entre conjuntos diversos de hardware e software. Ao optar por buscar essa interação com outras empresas, a Microsoft espera manter seu mercado ao proporcionar um melhor retorno ao investimento de seus clientes em infra-estrutura de TI. "Empresas de todo o mundo enfrentam diariamente o desafio de racionalizar processos de negócios, aproximarem-se dos clientes e parceiros e realizar fusões e aquisições bem-sucedidas. Esses desafios geralmente envolvem uma ampla gama de softwares de fornecedores diversos trabalhando em conjunto", afirma Roberto Prado, gerente de estratégias de mercado da Microsoft Brasil.

Agencia Estado,

14 Dezembro 2006 | 15h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.