Ministério da Justiça notifica Gol para troca de bilhetes da Webjet

O Ministério da Justiça notificou a empresa aérea Gol sobre o direito de remarcação e cancelamento dos bilhetes da WebJet sem a cobrança de taxa adicional.

Reuters

28 Dezembro 2012 | 10h53

Conforme a notificação, feita por meio da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), a empresa terá que informar em até dez dias como foram reacomodados os passageiros que possuíam passagens da Webjet.

A Gol informou que recebeu a notificação e que fornecerá todos os dados solicitados.

Na semana passada, a companhia foi notificada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) pelo mesmo motivo.

No fim de novembro, a Gol anunciou o fim das operações da Webjet, com a demissão de 850 funcionários, mas ressaltou que todos os passageiros teriam os voos garantidos. A Gol concluiu a compra da Webjet em outubro de 2011 por 70 milhões de reais.

(Por Roberta Vilas Boas)

Mais conteúdo sobre:
AEREAS GOL JUSTICA LEGAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.