Música digital afeta venda de CDs nos EUA

As vendas de álbuns de música nos Estados Unidos, que incluem CDs e coletâneas digitais, caíram 4,9% em 2006, com mais consumidores preferindo fazer download individual de canções da Web, informou a Nielsen SoundScan nesta quinta-feira. Embora os dados tenham mostrado que a venda unitária de canções tenha subido 19,4% no ano passado devido aos downloads digitais, o aumento dessa categoria desapontou alguns observadores da indústria. "Não apenas as vendas digitais em 2006 ficaram abaixo das nossas expectativas, mas também houve uma desaceleração do crescimento no quarto trimestre", disse o analista Richard Greenfield, da Pali Research, em relatório. A Nielsen SoundScan informou que as vendas de álbuns nos EUA caíram para 588,2 milhões de unidades em 2006, contra 618,9 milhões de unidades em 2005. Porém, um outro levantamento, da Associação de Mídia Digital (Digital Media Association - DiMA) inca que os usuários que compram música pela internet estão na verdade contribuindo para revitalizar toda a indústria. Um estudo da entidade indica que 60% dos consumidores afirmaram ouvir mais música desde que passaram a consumi-la na internet. Além disso, afirmam que a descoberta de novos músicos ajudou-os a expandir seus gostos musicais. Sete em cada dez consumidores afirmaram que estão ouvindo novos gêneros de música desde que passaram a consumir serviços online e mais de 75% deles já indicaram serviços para amigos e colegas. Pelo menos 15% passaram a freqüentar mais shows e apresentações ao vivo.

Agencia Estado,

05 Janeiro 2007 | 15h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.