Não perca o Paladar Cozinha do Brasil

Evento reúne chefs e especialistas que dividem com o público suas pesquisas, suas descobertas e até o comando do fogão

O Estado de S.Paulo

11 Setembro 2014 | 02h07

Programe-se para descansar neste fim de semana, porque, no outro, nos dias 20 e 21 de setembro, a programação será intensa. O 8° Paladar Cozinha do Brasil reúne 102 palestrantes, entre chefs, sommeliers, pesquisadores e especialistas, para trocar experiências, ensinar receitas e técnicas e discutir os rumos da gastronomia no Brasil. A escalação inclui Alex Atala (D.O.M.), Helena Rizzo (Maní), Rodrigo Oliveira (Mocotó e Esquina Mocotó), Roberta Sudbrack (do restaurante homônimo), Rogério Shimura (padaria Levain) e Roberto Smeraldi (Amigos da Terra e Atá).

As atividades vão de palestras mais teóricas a oficinas práticas realizadas em cozinhas profissionais - passando por aulas e degustações. Nas oficinas, você divide o fogão com chefs dos mais celebrados restaurantes do País e cozinha com eles. No final, prova o que foi produzido em conjunto e depois pode repetir em casa, para impressionar os amigos.

Nossa feira. Ao longo de todo o fim de semana funciona O Mercado Paladar, feira de comida com entrada gratuita. Estarão reunidas ali barraquinhas de restaurantes como Dalva e Dito, Carlota, Mocotó, Meats, além de queijos da A Queijaria e cervejas da Júpiter e da Urbana - e outros ingredientes e comidinhas brasileiras. Tudo devidamente harmonizado com música ao vivo - em palco da Rádio Eldorado.

Garanta seu ingresso. Haverá venda de ingressos nos dias do evento, lá mesmo. Mas para garantir lugar em oficinas, aulas e palestras não deixe para a última hora - para muitas atividades já se esgotaram e para outras estão prestes a se esgotar.

Quando for comprar ingresso, se estiver interessado em mais de uma atividade fique atento ao horário: muitas ocorrem ao mesmo tempo. Confira a programação completa em paladarcozinhadobrasil.com.br. Há descontos progressivos para compra de ingresso para mais de uma atividade.

Os ingressos podem ser comprados via Ingresso Rápido - pelo site, por telefone ou em pontos de venda físicos listados em oesta.do/ingressos-paladar.

Se ainda estiver em dúvida sobre as atividades a escolher, confira abaixo os destaques com chefs de diferentes pontos do País, palestras discutindo a gastronomia e receitas que não falham, para repetir em casa.

Discutir os rumos da gastronomia nacional sempre foi vocação do Paladar Cozinha do Brasil. Por isso, quem procura um papo cabeça, também está bem servido no evento. Claro, com comida também.

A revolução começa na cozinha

André Mifano, chef do restaurante Vito, mostra que se reconectar com a natureza e consumir produtos locais é uma boa maneira de começar a mudar o mundo. Sáb. (20/9), 12h30, R$ 150

Carne sustentável

A carne que comemos é sustentável? Para esclarecer a questão, Roberto Smeraldi apresenta um tratado com dez pontos, feito em parceria com pesquisadores e instituições, que fala da criação até o momento da compra. Smeraldi, diretor da Amigos da Terra e do Atá, mostra, com uma degustação, que carne de qualidade merece lugar de destaque na mesa. Dom. (21/9), 15h, R$ 120

Peixe certo

Ivan Ralston, do Tuju, apresenta o armador de pesca Antônio Amaral, de Itajaí. Juntos, mostram a maneira correta de pescar, conservar e cozinhar diferentes espécies. Tudo explicado com saborosa degustação. Dom. (21/9), 12h30, R$ 160

Ingrediente local, pensamento global

A mais importante chef do Rio, Roberta Sudbrack, que foi cozinheira exclusiva do Palácio da Alvorada, explica como fazer comida complexa usando ingredientes simples. Dom. (21/9), 14h30, R$ 150

Mistura de peixes

Os especialistas Bella Masano, do Amadeus, e Cauê Tessuto, de A Peixaria, falam sobre o dia a dia de seus restaurantes, da dificuldade em encontrar peixe fresco e ensinam a aproveitar a diversidade das espécies de peixes em receitas. Dom. (21/9), 13h, R$ 160

Quer conhecer ingredientes, processos e truques de receitas, e ainda cozinhar e bater papo com chefs de grandes restaurantes? Então corra e garanta seu ingresso.

Desfiando o siri

Nas mãos dos chef Barbara Verzola e Pablo Pavón, do Soeta, em Vitória, o siri vai às últimas consequências. Eles mostram, além de preparos clássicos, receitas mais ousadas, como empanada de banana-da-terra verde e siri. Dom. (21/9), 12h, R$ 120.

Miúdos amiúde

Essa é para quem sabe que fígado e moela rendem ótimas receitas. Aprenda a prepará-las com Marcelo Bastos, chef do Jiquitaia, que ganhou destaque servindo comida brasileira de qualidade a bons preços. Dom. (21/9), 13h30, R$ 120.

Bombom à brasileira

Já recheou chocolate com as próprias mãos? Pois a chocolatière da Cau Chocolates, Luciana Lobo, vai ajudar você a produzir os próprios bombons. E também mostrar que sabores nacionais combinam (muito bem) com bom chocolate. Sáb. (20/9), 14h, R$ 160.

Leites de castanhas

O chef Fábio Vieira, do Micaela, ensina a extrair, da castanha-do-pará e de caju frescas, leite que pode ser aromatizado, reduzido e integrar receitas salgadas e doces. Sáb. (20/9), 16h, R$ 120.

Não precisa ir à Amazônia ou ao Nordeste para aprender a lidar com tucupi, dendê e manteiga de garrafa. O Paladar Cozinha do Brasil traz os especialistas até você.

Cogumelos da Amazônia

Gosta de shiitake e shimeji? Que tal então provar cogumelos brasileiros, encontrados no meio da Amazônia? Felipe Schaedler traz de Manaus essas preciosidades da floresta. Dom. (21/9), 15h, R$ 120

Pirado no tucupi

Depois de se apaixonar pelo sumo da mandioca-brava durante uma aula do Paladar Cozinha do Brasil no ano passado, Paulo Yoller - chef do Meats - decidiu pesquisar o assunto. Viajou pelo Pará e, na oficina, apresenta os variados tipos de tucupi e receitas que usam o caldo. Sáb. (20/9), 18h30, R$ 120

Manteiga de garrafa na nova cozinha nordestina

Direto de Maceió, Wanderson Medeiros revela os mil usos da deliciosa manteiga de garrafa nordestina: para grelhar, com limão-siciliano e até para fazer pipoca. Dom. (21/9), 15h, R$ 120

Quem tem medo de dendê?

O ingrediente mais conhecido da culinária baiana tem fama de se sobrepor a tudo e deixar receitas pesadas. Mas Tereza Paim, uma das chefs de maior prestígio de Salvador, mostra que é possível usá-lo sem medo. Dom (21/9), 16h30, R$ 120

Apaixonado por cerveja e vinho? Prepare a taça e o copo para encarar as atividades do Paladar Cozinha do Brasil.

Revolução cervejeira

Força criativa da cervejaria brasileira, o premiado Samuel Cavalcanti, da Bodebrown, em Curitiba, fala sobre a revolução pela qual a bebida passa, que se reflete no copo. Dom. (21/9), 13h. R$ 120

O que você precisa saber para gostar de cerveja

Vai uma lager, stout ou dunkel?Não sabe? Quem gosta de cerveja, mas se vê perdido em enxurradas de rótulos, pode contar com a ajuda do premiado cervejeiro Alexandre Bazzo, dono da Bamberg, em Votorantim (SP), para se situar. Dom. (21/9), 14h. R$ 120

Histórias em taças

Prove, com o enólogo da Miolo, Miguel Almeida, o vinho Merlot Terroir em todas as safras disponíveis. Sáb. (20/9), 17h30. R$ 140.

Grandes espumantes nacionais

Uma degustação para entender por que esse estilo de vinho brasileiro vem fazendo tanto sucesso. Nela, você prova às cegas grandes representantes dessa produção lado a lado com um champanhe e um cava. E ainda, com ajuda dos repórteres do Paladar Guilherme Velloso e Marcel Miwa, ajuda a elaborar um ranking do que experimentou. Dom. (21/9), 16h30. R$ 120

Harmonização de vinhos e cervejas com embutidos

Conhecidos por sua qualidade, os embutidos do Friccò, restaurante do chef Sauro Scarabotta, serão combinados com vinho e cerveja. Quem trava o duelo são a sommelière Gabriela Monteleone, do D.O.M., e a sommelière de cervejas Tatiana Spogis. Sáb. (20/9), 19h30. R$ 160

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.