Oi e Claro lideram adição de clientes de celular em julho

Segundo dados da Anatel, as empresas Vivo, TIM e Brasil Telecom perderam participação de mercado

Reuters,

21 Agosto 2008 | 15h42

A Oi e a Claro foram as operadoras que mais adicionaram clientes no mês de julho, segundo dados consolidados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). As duas foram as únicas operadoras que ampliaram a base de clientes no mês passado, de acordo com a apuração divulgada na noite de quarta-feira. A primeira colocada em adições foi a Oi, com 654 mil novos assinantes, enquanto a Claro ganhou 605 mil clientes no período.   As empresas Vivo, TIM e Brasil Telecom perderam participação de mercado, mas o ranking não se alterou em relação ao mês anterior. A Vivo conquistou 507 mil assinantes e a TIM, 360 mil, enquanto a Brasil Telecom adicionou 41 mil clientes.   Pela primeira vez, a Anatel divulgou também o total de assinantes de terceira geração. Eles atingiram, em julho, 775 mil e representam 35,8% do total de assinantes de celular no país. As primeiras redes de terceira geração foram lançadas em novembro do ano passado por Claro e Telemig Celular (que hoje é controlada pela Vivo).   Para a analista Luciana Leocádio, da Ativa Corretora, os números são positivos para a Oi, "que vem conseguindo ganhar mercado mesmo sem subsidiar a venda de aparelhos de forma generalizada".   A Vivo, na sua avaliação, "apresentou boa performance, porém aquém daquela observada no segundo trimestre de 2008", enquanto a Claro continuou avançando em termos de participação de mercado. "O destaque negativo permanece com TIM, que voltou a perder mercado no último mês", acrescentou em relatório.   A Vivo permanece na liderança do mercado brasileiro de telefonia móvel, com 30,25% de participação. A TIM, com 25,26%, mantém a segunda colocação. A Claro agora tem 24,92%, mas permanece na terceira colocação.   A Oi, na quarta posição, registrou 15,48% do total de assinantes e a Brasil Telecom está em quinto lugar, com 3,74%.

Mais conteúdo sobre:
Anatel Celulares Claro Oi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.