1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine

Operação Timbalada prende 32 por tráfico de drogas em MG

Solange Spigliatti, de O Estado de S. Paulo

17 Janeiro 2008 | 12h 32

Grupo é acusado de trazer drogas de outros estados para abastecer Minas Gerais no período de carnaval

A polícia civil de Minas Gerais anunciou nesta quinta-feira, 17, que prendeu 32 pessoas envolvidas com o tráfico de drogas no estado na última quarta-feira, 16. As prisões ocorreram durante a operação Timbalada, com o objetivo de desarticular a principal quadrilha de tráfico de drogas que agia na região centro-oeste de Minas Gerais. Segundo a polícia, os suspeitos foram presos durante o cumprimento dos mandados de prisão e de busca e apreensão nas cidades de Divinópolis, Lagoa da Prata, Carmo do Cajuru, Nova Serrana, Papagaios e Abaeté. Todos são suspeitos de pertencer a uma quadrilha que trazia drogas de outros estados para distribuir nas cidades mineiras durante o carnaval, informou a polícia civil.   De acordo com as apurações, os entorpecentes - maconha e pasta de cocaína - vinham do Mato Grosso e interior de São Paulo para distribuição na região. O suspeito, que possui passagem pela polícia como usuário de drogas, foi preso com a mulher e um comparsa, em um sítio na zona rural de Carmo do Cajuru. Com eles, além de quantidade de droga, foram apreendidos, um automóvel e uma moto. Em São José Salgado, também na zona rural de Carmo do Cajuru, a polícia vistoriou o sítio onde funcionava o laboratório para refino de substâncias entorpecentes.   Outros suspeitos, Lafontene Pereira Bonifácio, de 36 anos, e Luciano Carlos Quadros, de 32 anos, foram presos em flagrante. No local, foram apreendidos cerca de quatro quilos de pasta base pura, cocaína, material para preparo da droga, como acetona, éter, bicarbonato de sódio e giz, além de seis cartões de crédito, um caderno com a contabilidade, balas calibre .38, duas balanças de precisão e celulares. Para as apreensões e prisões nos dois sítios, a operação contou com dez viaturas e 32 agentes de polícia civil.  Oito mandados de prisão continuam em aberto.   O cumprimentos dos mandatos resultou na apreensão de quase 4 kg de maconha, 4 kg de pasta base pura, 1,150 kg de crack, reagentes químicos para refino e desdobramento da pasta, 4 balanças de precisão, 1 revólver calibre .38, além de dinheiro, talões de cheques, cadernos de contabilidade do tráfico, 3 carros, 2 motocicletas utilizados na prática do crime e outros objetos possivelmente utilizados como pagamento de drogas ou proventos do tráfico e que estão sendo catalogados. A ação foi realizada por 40 militares e 90 policiais civis, dentre eles membros das equipes especializadas da Superintendência Regional da Polícia Civil (SRSP), da Divisão de Tóxicos e Entorpecentes (DivTE), da Patrulha Unificada Metropolitana de Apoio (PUMA), Grupo de Apoio Departamento de Investigações (GADI) e do Canil. Coordenada pela Polícia Civil, a operação Timbalada contou com o apoio do Ministério Público, do Poder Judiciário e da Polícia Militar.   Suspeitos presos   Foram autuados em flagrante e presos, em Bom Despacho, Lívio Luiz Vinhal (Livinho); em Divinópolis e Carmo do Cajuru Clayton Lacerda (Burega), Magnólia Lacerda, Lafontaine Pereira Bonifácio (Teteno), Luciano Carlos Quadros, Antônio Pedro Rafa de Lima, Rodrigo de Araújo Santos (Malvado) e Gilmar Cipriano da Silva (Cowboy). Foram presos em virtude de mandados em Lagoa da Prata, Rodrigo Ferreira Ribeiro (Pequira), Fábio Ferreira de Oliveira (Fabinho Paquira) e Luiz Marcos Barbosa (Coelho); em Abaeté, Edmar Cecílio dos Santos (Negão), Júlio Carlos Barbosa (Júlio Dentão), Denis Ferreira de Souza, Douglas Renato de Souza (Russão) e Antônio Alves Pires (Tõe do Timóteo); em Bom Despacho, Geraldo Magela de Lacerda (Lado), Nágela Maria Batista, Marcos Vinícius do Santos (Buiú), Renato Gomes Batista (Cachorro), Flávio Lopes de Moura, Walisson Donizete da Silva (Ticuri), José Djalma dos Santos Junior (Juninho), Paulo Vitor Gonçalves (PV), Bruno Aparecido Silva Pereira (Bruninho), Thiago Atílio Alves (Thiago Doido) e o menor com quinze anos, Cristiano Morais de Oliveira (Branquinho).

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo