Operadoras brasileiras fazem acordo para troca de mensagens

Empresas trabalham para que a troca de mensagens interoperável esteja disponível em todo o Brasil

Reuters,

04 Agosto 2008 | 16h50

Oito operadoras de telefonia móvel do Brasil assinaram um acordo para troca de mensagens em tempo real entre seus assinantes pelo celular.   As empresas Vivo, TIM, Claro, Oi, Brasil Telecom, Sercomtel, Nextel e CTBC trabalham para que o serviço esteja disponível em todo o Brasil, segundo comunicado da GSMA, associação comercial global para a indústria móvel.   O acordo envolve os mais de 133 milhões de assinantes de celular do Brasil que serão, segundo a associação, os primeiros da América Latina a usufruir de um serviço de troca de mensagens interoperável (da rede de uma operadora para outra).   A GSMA já estimulou acordos desse tipo em outro países. Na Malásia, por exemplo, os clientes DiGi Telecommunications e Máxis já são capazes de enviar mensagens instantâneas utilizando seus celulares.   Na Índia, operadoras como Bharti Airtel, Aircel, BPL Mobile, BSNL, Idea, MTNL, Reliance Telecom, Spice e Vodafone-Essar implantaram soluções de IM (instant messaging) disponíveis no mercado.

Mais conteúdo sobre:
Celulares Mensagens Instantâneas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.