PMs são acusados de furtar caixa eletrônico em SP

Policiais foram filmados abordando assaltantes, mas ninguém foi preso e não foi encontrado dinheiro roubado

AE, Agência Estado

18 Dezembro 2008 | 08h33

Cinco PMs são investigados por envolvimento no furto de um caixa eletrônico, na madrugada de sexta-feira, 12, em Guaianases, zona leste de São Paulo. Um sargento e três soldados estavam em serviço e são do 28º Batalhão. Outro soldado é do 38º e estava à paisana. Segundo a Polícia Civil, os militares foram filmados abordando os assaltantes na agência, mas nenhum ladrão foi preso. Os R$ 22 mil levados do banco não foram recuperados. Os cinco acusados estão presos. Um deles, o sargento Bittencourt, já está no Presídio Militar Romão Gomes, na Água Fria, zona norte da capital. O armário dele no alojamento da 1ª Companhia do 28º Batalhão foi revistado. Os superiores não encontraram dinheiro, mas acharam drogas. Os outros quatro PMs estão recolhidos na Corregedoria da PM, na condição de "averiguados". A 5ª Sessão do Estado-Maior da PM informou que a corregedoria vai pedir hoje a prisão preventiva dos cinco.

Mais conteúdo sobre:
assaltos SP PM

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.