Polícia Federal faz mega-ação contra hackers brasileiros

Cerca de 300 agentes da Polícia Federal desencadearam na manhã desta terça-feira, dia 12, a Operação Replicante, que tem como objetivo combater uma organização criminosa especializada em invadir contas bancárias por meio da internet. A operação acontece nos Estados de Goiás, Tocantins, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro e Distrito Federal. A PF ainda não divulgou informações sobre o número de acusados presos. A Operação Replicante está focada na prisão de programadores que difundem os programas utilizados para roubos de senhas e dados de contas bancárias, geralmente trojans ou cavalos de tróia e que criam falsos sites na internet, normalmente clone de sites oficias, tipo de ataque conhecido como phishing scam. Serão cumpridos mais de 120 mandados entre prisões e busca e apreensão. Sendo que 3 mandados de prisão serão cumpridos no Distrito Federal, 2 no Tocantins, 1 no Rio Grande do Norte e 1 no Rio de Janeiro.

Agencia Estado,

12 Setembro 2006 | 11h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.