Polícia francesa desativa uma bomba, mas outra explode

A polícia francesa desativou nesta quinta-feira um aparato explosivo encontrado em um centro atlético do sudoeste da França, mas outro dispositivo explodiu em uma agência estatal na vizinhança, disse um policial. A primera bomba, um recipiente com líquido inflamável conectado a um detonador, foi achado no povoado de Capbreton por volta do meio dia, disse o oficial. Nenhum grupo assumiu a autoria do atentado e não houve feridos. O funcionário explicou que a divisão anti-terrorista da fiscalização de Paris havia aberto uma investigação. Um grafite no lugar da explosão, no país vasco francês, onde os separatistas ocasionalmente atacam agências imobiliárias mas raramente deixam feridos, dizia: "O país Vasco não está à venda". O presidente francês, Nicolas Sarkozy, está em visita ao Brasil, em férias após compromisso oficial.

REUTERS

25 Dezembro 2008 | 17h46

Mais conteúdo sobre:
FRANCA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.