Portugal libera concessão de estatal de aeroportos por 1,2 bi de euros

Portugal deu um passo crucial para a privatização da operadora de aeroportos estatal ANA-Aeroportos e decidiu dar a concessão por um prazo de 50 anos por 1,2 bilhão de euros, dos quais 800 milhões terão de ser pagos imediatamente, segundo o secretário de Estado dos Transportes do país.

Reuters

12 Dezembro 2012 | 12h36

O governo conta com esta receita de 800 milhões de euros, equivalente a cerca de 0,5 ponto percentual do Produto Interno Bruto (PIB) português, para reduzir o déficit público para 5 por cento em 2012, segundo a meta por União Europeia e Fundo Monetário Internacional (FMI), para o resgate do país.

A assinatura do contrato de concessão entre Portugal e a ANA deverá ocorrer na quinta-feira, um dia antes da data limite para os candidatos à privatização da ANA apresentarem suas ofertas finais.

Mais conteúdo sobre:
TRANSPORTES PORTUGAL ANA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.