Prada lança celular com visor de cristal líquido

Os devotos fãs da grife Prada agora poderão acrescentar a seu guarda-roupa um requintado celular que dispensa o teclado convencional em favor de uma tela sensível ao toque. Desenvolvido pela sul-coreana LG Electronics, o celular da Prada é um modelo preto, com visor plano de cristal líquido. "Esse telefone realmente define o interesse pelo status e a imagem, especialmente para as mulheres", disse um representante da Prada, Tomaso Galli, nos bastidores do desfile da grife realizado este mês em Milão. O modelo básico do celular vai custar cerca de 600 euros, e o telefone começará a ser vendido na Europa no final de fevereiro e, na Ásia, até o final de março (a previsão é de que o iPhone só chegue ao varejo dos EUA em meados deste ano). Galli insiste que o celular da Prada não segue o exemplo de outras colaborações entre estilistas e fabricantes, que procuram capitalizar sobre a tendência de misturar a alta-costura com alta tecnologia. "Outras maisons apenas mudaram as cores e acrescentaram o nome de sua grife. O que nós estamos fazendo é lançar um produto novo. Trabalhamos com a LG sobre a fonte, a interface gráfica e o design do celular", disse ele. A Nokia, maior fabricante mundial de telefones celulares, oferece o modelo "Signature Cobra", que custa 270 mil euros e é cravado com serpentes de rubis e diamantes em suas laterais. Mas a Vertu, que lidera essa unidade, disse que serão produzidos apenas oito exemplares do telefone. Neste mês, a Apple apresentou seu modelo superslim iPhone, com tela sensível ao toque e sem botões, ao preço de US$ 499 dólares o modelo de 4 Gigabytes. "Pensamos que o telefone é um acessório que vai passar a ser vinculado cada vez mais ao design e menos à tecnologia", disse Galli. Além de seu visual elegante, o telefone da Prada também vai oferecer funções multimídia, como tocador de MP3, filmadora de 2 megapixels e acesso a e-mail.

Agencia Estado,

30 Janeiro 2007 | 17h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.