Prato do dia

Receita testada pela editora do 'Paladar', Patrícia Ferraz

O Estado de S.Paulo

04 Setembro 2014 | 02h07

Uma colherada de chantilly levemente salgado com um toque de ervas aromáticas é o que faz toda a diferença nesta receita. E é incrível como uma sopa creme de ervilha, bem básica, ganha em sabor, cor e apresentação apenas com esse truque.

A receita é simples e combina com dias de meia-estação, com manga curta e casaco leve. Embora não faça feio se o tempo esfriar. Para dar certo, o chantilly tem de ser feito na hora. A sopa pode ser preparada antes.

1 Derreta a manteiga numa panela e refogue a cebola até amolecer.

2Junte as ervilhas, adicione o caldo de legumes e cozinhe até amolecer bem as ervilhas.

3 Tire a panela do fogo. Ponha as ervilhas no liquidificador, bata um pouco, junte o caldo e bata bem até ficar com a consistência de creme.

4 Devolva a sopa à panela, acrescente metade do creme de leite, sal, pimenta e leve ao fogo para aquecer.

5 Pique bem fino a cebolinha francesa, o manjericão e a hortelã.

6 Bata a outra metade do creme de leite fresco até o ponto de chantilly. E salpique com metade da cebolinha francesa picada.

7 Distribua as sopas nos pratos de servir.

8Ponha uma colherada cheia de chantilly salgado e salpique com mais cebolinha

Rende 4 porções

O prato leve pede brancos contidos e com certa untuosidade, caso do sul-africano Chenin Blanc Kloof St.

(R$ 80, na Qual Vinho, 3032-1007 ) da Mullineux

Family Wines e do Bordeaux branco Les Clos de Reynon (R$ 57,60, na Casa Flora, 2842-5199).

patricia.ferraz@estadao.com  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.