Premiê italiano Monti renuncia; eleições devem acontecer em fevereiro

O primeiro-ministro italiano, Mario Monti, apresentou sua renúncia ao presidente Giorgio Napolitano nesta sexta-feira, informou o gabinete da Presidência, abrindo caminho para eleições nacionais em fevereiro.

Reuters

21 Dezembro 2012 | 17h00

Napolitano deve dissolver o Parlamento nos próximos dias e já indicou que a data mais provável para eleições é 24 de fevereiro.

Ele iniciará consultas com líderes políticos no sábado para discutir os próximos passos, segundo comunicado, e nesse meio tempo pediu a Monti para continuar no cargo de forma interina.

Monti entregou sua renúncia durante breve reunião no palácio presidencial, pouco depois de o Parlamento aprovar o Orçamento do governo para 2013.

(Reportagem de Gavin Jones)

Mais conteúdo sobre:
ITALIA MONTI RENUNCIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.