'Puxadinho' em Aeroporto de Guarulhos será permanente

Inaugurado ontem, o Módulo Operacional Provisório (MOP) do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos (Cumbica), não será provisório. É o que diz a Secretaria de Aviação Civil e a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) sobre o novo terminal, chamado de "puxadinho", com capacidade para receber 1,2 mil passageiros por hora.

AE, Agência Estado

01 Setembro 2011 | 10h13

"O nome está errado. Esse terminal vai continuar servindo Cumbica por um bom tempo", disse o presidente da Infraero, Gustavo do Valle. "O terminal é agradável, limpo, confortável. É um engano achar que isso não pode ser uma solução de longo prazo para o aeroporto."

O "puxadinho" de Cumbica fica em uma área remota no meio do pátio de aeronaves, desconectada dos terminais principais, e serve apenas para embarque. O passageiro continua fazendo o check-in e o despacho de malas no guichê da companhia nos Terminais 1 e 2 e, se a aeronave estiver estacionada perto do MOP, o embarque provavelmente se dará pelo "puxadinho". Ônibus da Infraero levarão os passageiros até o novo terminal. Inicialmente, qualquer companhia poderá fazer o embarque pelo MOP, mas Webjet, TAM e Avianca geralmente param nas posições mais próximas do terminal.

"Foi uma obra que pôde ser feita rapidamente, em apenas quatro meses, para atender o aumento da demanda. Para aeroporto, é preciso pensar em soluções alternativas", afirmou o ministro Wagner Bittencourt, da Secretaria de Aviação Civil. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Mais conteúdo sobre:
aeroporto Cumbica Guarulhos puxadinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.