Rapaz é preso por vender produtos ilegais por meio do Orkut

A Polícia Federal prendeu em flagrante um rapaz, de 26 anos, acusado de comercializar CDs, DVDs, softwares, músicas e filmes copiados ilegalmente por meio de uma página no site de relacionamentos Orkut. Ele foi detido nesta segunda-feira, dia 04, na cidade Alvorada, em Porto Alegre, na operação intitulada "Olhos Vermelhos". O rapaz, conhecido como "Alemão", também mantinha no site fotos portando arma de fogo, nas quais fazia apologia à criminalidade. Ele será indiciado por Violação de Direito Autoral, Violação de Programas de Computador, Porte Ilegal de Arma de Fogo, Ameaça, Incitação ao Crime e Apologia ao Crime. As investigações começaram por meio de uma denúncia encaminhada pela Secretaria de Indústria e Comércio de Alvorada. A Justiça Federal determinou que a página seja bloqueada e o pedido será encaminhado pela PF ao Google, administrador do Orkut. O rapaz já havia sido preso por porte ilegal de arma de fogo.

Agencia Estado,

05 Dezembro 2006 | 11h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.