1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine


Reguladores da China dizem que Qualcomm busca encerrar investigação antitruste

REUTERS

22 Agosto 2014 | 09h 21

A fabricante norte-americana de chips Qualcomm está buscando encerrar uma investigação conduzida pelo regulador chinês de preços sobre práticas de monopólio, disse a companhia nesta sexta-feira, expressando sua disposição em melhorar e corrigir problemas sobre preços de acordo com o regulador.

A Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, em comunicado em seu website, disse que suas autoridades se reuniram na quinta-feira com uma delegação da Qualcomm que incluiu o presidente da companhia, Derek Aberle.

"Os executivos da Qualcomm discutiram, com autoridades do regulador, vários tópicos em um esforço para alcançar uma resolução abrangente", disse a companhia em comunicado via email. "Continuamos a cooperar com o regulador e não podemos fazer mais comentários".

A comissão não deu mais detalhes.

O regulador está investigando a subsidiária local da Qualcomm após dizer, em fevereiro, que a fabricante norte-americana de chips era suspeita de cobrar preços excessivos e abusar de sua posição de mercado em padrões de comunicação sem fio, acusações que poderiam ver a companhia ser atingida por multas recordes de mais de 1 bilhão de dólares.

No mês passado, um jornal estatal disse que o regulador determinou que a Qualcomm tinha monopólio, mas não disse se o regulador determinou que a companhia abusou deste monopólio. A Qualcomm é uma das maiores fabricantes de chips para dispositivos móveis do mundo.

(Por Paul Carsten, Matthew Miller e Redação em Pequim)