Revista Time promove cortes e aposta na internet

O grupo Time anunciou na semana passada o corte de 300 pessoas de sua equipe de jornalistas e também de representantes da área comercial, o representa cerca de 5% dos funcionários da empresa. Além da revista Time, a editora publica outras revistas como a People, que cobre celeridades. A internet, no entanto, continua firme nos planos da empresa, já que o grupo sabe que está perdendo público para sites de notícias. Atenta a isso, ela manteve alguns canais ativos na Web. Há o exemplo do site Teen People, que permaneceu no ar mesmo quando a revista homônima deixou de ser publicada. Muitos dos sites da empresa tem uma boa audiência, em especial nas áreas de finanças, celebridades e esportes. Na Sports Illustrated, por exemplo, 13% dos resultados vêm do site da revista. Reformas O grupo estaria promovendo a reestruturação para aumentar sua presença na internet. No ano passado, o grupo já havia demitido 600 pessoas. As mudanças incluem ainda o adiantamento da Time, revista que é publicada há 90 anos: em vez de sair às sextas-feiras, ela será publicada às segundas-feiras. A empresa também está promovendo o corte em sucursais nos EUA, incluindo o fechamento dos escritórios em Washington, Miami, Chicago e Austin, no Texas. Outros cortes prevêem a diminuição das equipes dedicadas a uma única reportagem. A empresa não anunciou que novos movimentos fará em relação à sua cobertura online.

Agencia Estado,

22 Janeiro 2007 | 10h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.