1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine

San Lorenzo leva taça da Libertadores ao papa Francisco no Vaticano

REUTERS

20 Agosto 2014 | 16h 21

O papa Francisco recebeu nesta quarta-feira no Vaticano representantes do San Lorenzo, clube de futebol argentino do qual o pontífice é torcedor, que levaram a recém-conquistada taça da Copa Libertados e prometeram voltar em dezembro se conquistarem o título mundial.

O San Lorenzo conquistou o título sul-americano na semana passada pela primeira vez na história, deixando para trás o estigma de ser o único entre os times considerados grandes da Argentina a jamais ter levantado o troféu continental.

Francisco recebeu a taça e saudou efusivamente os representantes do clube. "Saúdo de modo especial os campeões da América. A equipe do San Lorenzo aqui presente. É parte da minha identidade cultural", disse o papa.

O presidente do San Lorenzo, Matías Lammens, disse a Francisco que espera voltar a vê-lo em breve. "Deus queira que possamos voltar em dezembro depois de ganhar do Real", afirmou.

O San Lorenzo vai disputar em dezembro o Mundial de Clubes da Fifa, que também terá a participação do Real Madrid como campeão da Europa.

A visita dos representantes do San Lorenzo aconteceu um dia após Francisco ter sido abalado pela morte de três familiares em um acidente automobilístico na Argentina.

A esposa de um dos sobrinhos do pontífice e seus dois filhos pequenos, de oito meses e dois anos, morreram em decorrência da batida do carro em que viajavam com um caminhão em uma estrada na província de Córdoba.

Um sobrinho do papa, que dirigia o carro, está em estado grave.