Sanyo promoverá recall de baterias no Japão

Em mais um caso de recall de produtos defeituosos, a Sanyo Electric, um dos maiores fabricantes de baterias recarregáveis do mundo, anunciou que irá promover o recall de mais de 1,3 milhão de baterias de telefones celulares que poderiam sofrer de problemas de superaquecimento. O anúncio fez com que as ações das empresas caíssem 4,3% após o anúncio do recall nesta quinta-feira, após a operadora NTT DoCoMo (de celulares no Japão) e Mitsubishi Electric anunciarem o recall. Segundo as informações disponíveis, as placas de eletrodos nas baterias poderiam perfurar as camadas internas dos componentes em situações de forte impacto, como em quedas ou batidas, provocando um curto-circuito durante a recarga de aparelhos. A Sanyo, contudo, não é a primeira japonesa a enfrentar problemas com o recall de baterias. Uma divisão da gigante de eletrônicos Sony está enfrentando sérios problemas com a reposição de milhares de baterias de notebooks de pelo menos 9 fabricantes diferentes de computadores, o que gerou um forte impacto nos resultados financeiros do grupo.

Agencia Estado,

08 Dezembro 2006 | 15h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.