São Paulo assina com BNDES financiamento de R$ 1,9 bilhões

Maior parte dos recursos será destinada à construção da Linha 5 do Metrô da capital paulista

Mônica Ciarelli, da Agência Estado

27 Dezembro 2012 | 15h28

RIO - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o governo de São Paulo assinaram nesta quinta-feira, 27, um contrato de financiamento de R$ 1,9 bilhão. A maior parte dos recursos é destinada à construção da Linha 5 do Metrô de São Paulo, que liga as estações Largo Treze e Chácara Klabin, ampliando a inserção da região sul do município à rede metroviária. "Esse financiamento é importante porque São Paulo é a terceira metrópole do mundo, com 21 milhões de habitantes. Estamos atrás apenas de Tóquio e Nova Délhi", afirmou o governador de São Paulo Geraldo Alckmin.

A linha 5 do Metrô terá 11,5 quilômetros de extensão e passará por 11 estações. Segundo Alckmin, a ideia do governo é ampliar o transporte metroviário no Estado para dar conta do grande fluxo de passageiros urbanos. Hoje, Metrô de São Paulo transporta quase 8 milhões de passageiros por dia.

Mais conteúdo sobre:
metrô SP BNDES

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.